logo
ÁREA DO ALUNO

Primeiro dia de aula do meu filho: 5 dicas para adaptação escolar

 

Se o seu filho vai começar a frequentar a escola pela primeira vez o momento pode ser delicado, mas com um trabalho integrado entre família e escola é possível passar pela adaptação escolar sem sofrimento.

Antes dos primeiros dias de aula, existe uma fase de preparação, que começa com a busca incessante pela escola que atende às suas demandas. Fique atento a, pelo menos, quatro requisitos: conheça o projeto pedagógico da escola; o ambiente deve atender as demandas infantis com espaço para ludicidade; é preciso ter um esquema de segurança montado para a proteção da criança; é importante também ficar atento à qualificação dos profissionais na condução da educação da sua criança.

Depois da escolha da escola, a família e a criança precisam estar preparadas para uma nova rotina. Mesmo que pareça simples, conviver com pessoas estranhas, atender a novas regras e desvincular por algumas horas pode virar um pesadelo. Para que essa adaptação seja tranquila com você e seu filho nós preparamos cinco dicas para ajudar você.

1ª – Rotina em casa

Para que a criança não sofra com o processo de adaptação, principalmente, com a rotina da escola é preciso que a família comece em casa esse processo de integração. A criança precisa se sentir segurança no ambiente que frequenta e nas pessoas que a recebem, por isso inserir a escola no cotidiano desta criança muito antes dela frequentá-la é essencial para que o processo de adaptação flua com facilidade.

Alice Messias é mãe do Pedro de quatro anos e conta que o filho passou tranquilamente pela adaptação. Antes do primeiro dia de aula, ela inseriu as atividades escolares na rotina do Pedro. Passou a montar quebra-cabeça com ele em casa e a ler livros com ele. Segundo ela, a criança precisa ter uma rotina muito bem definida dentro de casa: hora de acordar, hora do lanche, hora da leitura, hora de brincar… ajuda na hora de fazer cada atividade dentro da sala de aula, com a professora.

2ª – Envolva a criança

Quando você envolve a criança no acontecimento é mais fácil de convencê-la de que o passo é importante e que você não a abandonará na escola sozinha. Ela precisa compreender que este é um processo natural, no qual todos já passaram inclusive você. Frequentar a escola é importante para o aprendizado de coisas novas e também é um espaço para brincar com outras crianças. Crie expectativa, leve na hora de comprar os materiais escolares, mas não permita que esta criança fique ansiosa. Antes de começarem as aulas é interessante que seu filho conheça o ambiente que vai vivenciar, então leve-o para conhecer o espaço e os profissionais, apresente a escola à criança.

3ª – Cumpra sua promessa

A primeira semana de aula das crianças que começaram, agora, à rotina escolar é reduzida. Os filhos ficam na escola por um período reduzido de tempo para que não seja um grande impacto ficar longe da família. Durante, principalmente, estes dias sua criança precisa se sentir segura: se você já vai embora, diga, não minta ou saia sem que  veja; se você disse que estará lá fora para caso a criança precise, esteja; se a hora combinada de saída é às 11h da manhã, não chegue 10 minutos atrasada. A criança precisa entender que pode confiar em você e na escola, segundo a psicóloga Laura Xerfan.

4ª – Dor da separação

O período de adaptação não é só para as crianças. Mães, pais, tias e avós também precisam passar pelo processo de separação. É preciso estar preparado para lidar com a separação por algumas horas. Lorena Cardoso é mãe do Theo de quatro anos e sofreu muito na hora de deixar o filho na escola: “acho que preparei o Theo e esqueci de me preparar, chorei muito quando deixei ele”.

Para que esse processo não seja doloroso, você precisa começar a se preparar antes do começo das aulas. Leve a criança para a casa dos avós ou dos tios e se ausente primeiro por uma horinha, depois por duas horinhas e assim faça alguma coisa que você sinta prazer: aula de línguas, culinária, pintura… quando for a hora de levar para a escola você estará mais tranquila.

5ª – Adaptação da escola

A adaptação é também da escola. Os professores e a coordenação precisam conhecer o comportamento e saúde do seu filho. No Ideal Junior, por exemplo, antes do período letivo a família é convidada a uma entrevista para que os profissionais conheçam a criança: os gostos, o comportamento, a rotina, as qualidades, os problemas, inclusive os de saúde. Para a professora Ângela Cohen, que acompanha o maternal, quando a equipe conhece a criança é muito mais fácil conquistá-la e deixá-la à vontade no novo ambiente. O ambiente escolar para uma criança de três anos ajuda na socialização e no desenvolvimento motor. Por isso, é importante que estas crianças tenham acesso à sala de aula, onde elas aprendem a compartilhar e descobrem um novo mundo todos os dias.

A professora Ângela é professora do Ideal Jr da turma maternal.

Comments are closed.